Alimentação

A alimentação é o processo pelo qual os organismos obtêm e assimilam alimentos ou nutrientes para as suas funções vitais, incluindo o crescimento, movimento e reprodução. Na linguagem vernácula, alimentação é o conjunto de habitos e substâncias que o homem usa, não só em relação às suas funções vitais, mas também como um elemento da sua cultura e para manter ou melhorar a sua saúde. Há quatro tipos de alimentação praticadas pelos animais, incluindo: * Alimentação por filtro - obter comida suspensa na água. * Alimentação por sedimentos - obter partículas de comida no solo * Alimentação de fluidos - obter comida consumindo fluidos de outros organismos * Alimentação em massa - obter comida comendo peças de outros organismos.

Escrito por Nininh@ às 14h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Confira receitas saborosas e saudáveis da Dieta Mediterrânea

 

CAPONATA SICILIANA

 

Prato típico da Sicília. Pode ser consumido quente ou frio, como entrada, molho para macarrão ou acompanhamento de carne, peixe e queijo.

 

Ingredientes:

 

4 berinjelas médias

6 folhas de aipo

2 cebolas

5 tomates maduros

150g de azeitonas verdes sem caroço

2 colheres de alcaparras

1 colher rasa de açúcar

3 colheres de vinagre de vinho tinto

10 colheres de azeite extra-virgem de oliva

manjericão

sal e pimenta-do-reino

 

Modo de Fazer:

 

Lavar as berinjelas e cortá-las em cubinhos, salgar e deixá-las em um escorredor por cerca de uma hora, para que percam o sabor amargo. Enxaguá-las e enxugar com papel de cozinha. Lavar o aipo, cortá-lo em pedaços e colocar para ferver em água por 10 minutos. Depois, escorrer muito bem. Lavar os tomates, tirar a casca, eliminar as sementes e cortar em pedacinhos. Cortar as azeitonas ao meio. Lavar muito bem as alcaparras e cortar as cebolas bem finas. Esquentar o azeite em uma panela ou frigideira grande e fritar as berinjelas por 3 minutos ou até que fiquem douradas. Retirá-las e reservar. No mesmo azeite, refogar as cebolas e o aipo, acrescentar o tomate, as azeitonas e as alcaparras. Temperar com sal e pimenta e deixar em fogo brando por 5 minutos. Acrescentar então as berinjelas e deixar cozinhando por mais 10 minutos, mexendo pouco e delicadamente. Adicionar o açúcar e o vinagre. Mais 4 minutos de cozimento e está pronto. No final, temperar com o manjericão picado. Serve quatro pessoas.

 

FRESELLA

 

Ingredientes:

 

torrada de pão amanhecido

tomate maduro

cebola

aipo

azeitonas verdes

orégano

azeite extra-virgem de oliva

sal

manjericão

 

Modo de Fazer:

 

Cortar o tomate em cubos. Picar a cebola, o aipo e as azeitonas verdes. Temperar com sal e azeite. Misturar bem. Completar acrescentando folhas de manjericão picadas e cobrir, com essa mistura, as fatias de pão.

 

MOLHO PARA ESPAGUETE

 

A produtora Assimina Vlahou adaptou uma deliciosa receita da dona de restaurante Carmela Abate para molho de espaguete. Clique aqui e confira no texto que ela escreveu sobre os bastidores da reportagem.

 

PASTA COM SARDINHAS

 

Ingredientes:

 

500g de pasta curta

500g de sardinhas frescas e limpas (sem cabeça e espinha)

200g de erva-doce (com as folhinhas)

3 fatias de alici

50g de uva-passa (deixar de molho na água por alguns minutos e depois coar e enxaguar)

50g de pinoli

cebola

um envelope de açafrão

azeite extra-virgem de oliva

sal e pimenta-do-reino

 

Modo de Fazer:

 

Lavar as sardinhas e o alici. Lavar e aferventar a erva-doce em água salgada e, quando estiver cozida, cortar em fatias finas. Guardar a água do cozimento. Colocar quatro ou cinco colheres de azeite de oliva extra-virgem em uma panela. Esquentar e acrescentar as fatias de alici. Mexer até que elas desmanchem e, em seguida, acrescentar o pinoli e a uva-passa. Desmanchar o açafrão na água de cozimento da erva-doce e juntar ao peixe. Deixar em fogo brando por cinco minutos. Depois, adicionar a erva-doce e as sardinhas. Acrescentar então o sal e a pimenta-do-reino. Cobrir a panela e deixar terminar o cozimento. Levar água ao fogo para cozinhar a massa, juntando a água onde foi cozida a erva-doce. Quando ferver, colocar o macarrão. Quando cozido, coar, colocar em uma travessa e cobrir com o molho de sardinhas. Se preferir, pode finalizar com um pouco mais de azeite. Serve seis pessoas.

 

PEIXE-ESPADA MARINADO

 

Ingredientes:

 

4 fatias de peixe-espada

orégano, sal, pimenta e azeite extra-virgem de oliva

alho

limão

 

Modo de Fazer:

 

Deixar as fatias de peixe-espada de molho em um recipiente com azeite, um dente de alho picado, orégano, sal e pimenta durante uma hora. Cozinhar as fatias na grelha, temperar com o líquido onde ficou de molho, aquecido por alguns minutos, e servir com fatias de limão. Serve quatro pessoas.

 

PESTO GENOVÊS

 

Ingredientes:

 

3 ou 4 maços de folhas de manjericão bem frescas

azeite extra-virgem de oliva

1 dente de alho

1 colher (sopa) de queijo pecorino ralado

2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

1 colher (sopa) de pinoli

sal a gosto

 

Modo de Fazer:

 

Retirar as folhas de manjericão do talo, lavar, enxugar muito bem – e delicadamente – com um pano. Colocar em um socador com o sal, alho e os pinolis. Socar muito bem, mas sem muita força, até obter um creme. No final, juntar os queijos ralados e cerca de meio copo de azeite extra-virgem de oliva. O molho não deve ficar muito denso nem líquido. Na água de cozimento do macarrão, colocar para ferver uma batata média descascada e cortada ao meio e algumas vagens (5 ou 6). Salgar a água da pasta quando as verduras estiverem quase cozidas e acrescentar o macarrão (de preferência "linguine" ou "trenete"). Quando coar, reservar um pouco da água de cozimento da pasta. Colocar o pesto em uma travessa, acrescentar as batatas e vagens e amassar com um garfo. Diluir com um pouco de água da fervura e adicionar o pesto. Misturar e colocar a pasta. Por fim, temperar com um pouco mais de azeite e queijo ralado. Se preferir, usar o liquidificador, colocando todos os ingredientes juntos e usando um pouco mais de azeite.

 

(FONTE: http://g1.globo.com/globoreporter)

 

 

Escrito por Nininh@ às 02h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Queime a barriguinha extra com o alimento certo

Nada mais frustrante do que olhar no espelho e ver aquela barriga saliente estragando o visual. Mas, além do problema estético, o volume extra na região abdominal pode ainda comprometer a saúde, abrindo as portas para doenças, como as cardiovasculares.

Mas não se desespere. Há alternativas simples e saudáveis para você retomar a boa forma e sua qualidade de vida. E elas estão muito mais próximas do que você imagina. Segundo o médico Joey Shulman, em artigo publicado no CanadianLiving.com, além de exercícios físicos constantes, alguns alimentos possuem calorias ideais para queimar as gordurinhas localizadas na barriga.

Confira:

Alimentos termogênicos
Esse tipo exige um gasto calórico alto do organismo para ser digerido. "Quando você come uma pimenta, por exemplo, seu coração acelera, aumentando a circulação sanguínea e, por conta disso, também seu metabolismo", comenta a nutricionista Fabiana Schmidt. Entre os alimentos mais "potentes" está a laranja e os ricos em proteína, como frango, peru, ovos, peixe e carne vermelha não gordurosa. Ingredientes como pimenta-malagueta, mostarda, repolho e brócolis também possuem substâncias que aceleram o metabolismo, ajudando na queima da gordura.

Alimentos de baixo teor glicêmico
Menos requisitado, o pâncreas libera quantidades baixas de insulina no organismo. "Se você não usa a insulina para digerir o carboidratro, acaba-se obrigando o corpo a queimar gordura para fazer essa digestão", explica Fernanda. Entre as opções mais indicadas estão: arroz integral, milho, trigo, cevada, linhaça e gergelim.

Alimentos Hidratantes
Mais diuréticos, eles ajudam a eliminar as toxinas que podem estar atrapalhando na perda de peso. Melancia, melão, erva doce e camomila são as opções mais procuradas.

Alimentos ricos em fibras
Maçãs, linhaça e aveia em flocos agem diretamente no intestino, ajudando na digestão e na eliminação alimentar. "Eles 'grudam' na gordura e nos carboidratos, arrastando-os para fora do corpo. Não absorvidos pelo intestino, eles não somam calorias ao corpo", completa Fernanda. Para as mulheres, o indicado é a ingestão de 25 gramas de fibras por dia. Já para os homens, o ideal são 30g.

Escrito por Nininh@ às 19h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Conheça os alimentos amigos da memória

Extraído do site do Globo repórter - 22/05/2009

Frutas, ovos, grãos e peixes contêm substâncias benéficas ao funcionamento dos neurônios. Em consequencia, a memória é uma das funções cerebrais aperfeiçoadas.

(GUACIRA MERLIN, Porto Alegre )

Gostosas, saudáveis e lindas. Não é à toa que as frutas são tão coloridas. A cor vem dos antioxidantes, substâncias que protegem os vegetais das agressões do sol, do frio e da poluição. Pesquisas mostram que uma delas, a fisetina, é benéfica também para a memória.

"Estudos em animais mostraram que os ratinhos lembravam de determinados objetos com maior facilidade e maior rapidez quanto tinham uma dieta rica em fisetina", revela a nutricionista Raquel Dias, da PUC do Rio Grande do Sul, que ensina a preparar um cardápio rico em fisetina e outros alimentos que fazem bem para o funcionamento das células nervosas, chamadas neurônios. A refeição inclui um antigo vilão das dietas, aos poucos reabilitado: o ovo. 

"Para quem não tem problemas de colesterol alto nem história familiar de hipocolesteronemia, não há problema nenhum em consumir ovo. Ele tem colina, uma substância presente na gema e que faz parte da membrana dos neurônios, fazendo com que eles funcionem melhor", explica a nutricionista.

Na cozinha, mãos à massa, que deve ser integral. "Os grãos integrais são ricos em vitaminas do Complexo B, que também são importantes pra o funcionamento adequado do nosso sistema nervoso central. A memória é uma das funções aperfeiçoadas", explica Raquel Dias.

Para acompanhar, um molho de tomate, rico em fisetina, a substância amiga da memória. O segundo prato é omelete com sardinha, peixe que tem ômega-3, um antioxidante poderoso que dá vitalidade para as células.

"No momento em que a célula nervosa funciona bem, todas as conexões, todos os neurotransmissores, todas as informações que devem passar de uma célula para outra, passam de maneira mais adequada e mais facilitada. Então, com certeza, vão atuar beneficamente na memória também", diz a nutricionista.

As estrelas do cardápio são as frutas, que têm vitaminas e muita fisetina. Maçã, laranja e morangos vão para o liquidificador.

"Podemos chamar de suco com as frutas da memória", conta Raquel Dias.

Uma dose extra de fisetina na sobremesa: uvas e kiwi frescos. Para completar a refeição, salada.

Os alimentos da memória passaram pelo teste da cozinha. A dona de casa Helena Rocha preparou as receitas e avaliou se são caras ou acessíveis, fáceis ou difíceis de fazer.

Para experimentar, alguém que precisa muito de boa memória: o estudante Pedro Ferreira, que está se preparando para o vestibular. Toda ajuda é bem-vinda! Ele luta por uma vaga em uma universidade federal.

Na cozinha, a avó fez a sua parte: em meia hora, tudo estava pronto. O almoço, que custou R$ 28, daria para pelo menos cinco pessoas.

"É rápido, bom e barato", constatou dona Helena.

Mas será que essa comida é saborosa? "Quando comemos quietos é porque a comida está boa", disse dona Helena, em meio ao silêncio durante a refeição.

Já que as frutas são amigas da boa memória, dona Helena ensina um truque para não desperdiçar: servi-las junto com os pratos principais. "Se deixarmos na cozinha, as frutas estragam e jogamos fora. E assim não. Temos que por na mesa. Porque temos preguiça de lavar, descascar. Com tudo prontinho, é só pegar um garfinho e por na boca", conta.

"É verdade, a preguiça é bem grande", confirma Pedro.

Cardápio aprovado. Os alimentos amigos da memória já fazem parte do ritual de preparação para o vestibular.

"Essa vai ser a desculpa. Vou dizer que estou com falta de memória!", diz Pedro.

"E a avó vai gostar, porque sardinha é barata", completa dona Helena.

Álcool é um dos inimigos mais agressivos da memória

Traumas, doenças e medicamentos também podem causar lesões irreversíveis no cérebro e prejudicar a capacidade de guardar informações.

Nascemos programados para esquecer. Mais cedo ou mais tarde, cada um de nós apagará da lembrança informações recentes, compromissos, conceitos, habilidades. A perda da memória é gradativa e determinada geneticamente com a morte das células nervosas em diferentes áreas do cérebro, provocada por um inimigo certo e igual a todos: o envelhecimento.

Ao longo da vida, muito antes mesmo de ficarmos velhos, nossa memória é atacada de diversas formas, sem que tenhamos um controle sobre isso. Traumas, doenças, medicamentos, exposições a componentes químicos podem causar lesões irreversíveis no cérebro. Mas muitas vezes nos tornamos aliados dos nossos inimigos com atitudes que tomamos conscientemente e, algumas vezes, com muito prazer.

Um dos inimigos mais agressivos é o álcool. Nas células nervosas, essa substância toma o lugar da glicose, mas não é capaz de produzir o mesmo volume de energia.

"Em uma intoxicação alcoólica leve, a pessoa tem diminuição de reflexo, do nível de atenção", explica o psiquiatra Eduardo Teixeira, da PUC de Campinas.

"Já aconteceu de, no dia seguinte, eu não me lembrar de nada. Não é normal, mas às vezes acontece", diz o estudante Bruno Bruscki.

Aos 22 anos, o instrutor de equitação Henrique Hoppmann, tem uma vida noturna agitada nos fins de semana.

"Quando eu vejo, tomei álcool demais", conta. Mas no dia seguinte... "Tenho muita dor de cabeça", descreve.

"Na infância e adolescência, o cérebro está em formação. Na adolescência, ele está quase formado, mas falta o capeamento das fibras. O abuso de álcool pode interferir nisso. No futuro, elas não vão ser o que poderiam. Não vão ter um nível de desempenho ágil e rápido do raciocínio, da memória, como deveriam", diz o neurologista Benito Damasceno, da Universidade de Campinas (Unicamp).

Um homem começou a beber com 18 anos. "Nós saíamos para um bar ou uma lanchonete e bebíamos para nos distrair e bater papo", conta. Hoje, aos 40 anos, ele tenta se livrar do alcoolismo que lhe tirou a família, o emprego, a saúde e, muitas vezes, a memória.

"Era para eu estar tranquilo e saudável. Com 40 anos, já estou perdendo a memória. Isso começou a me assustar muito", conta o homem.

"O álcool destrói as células nervosas. Por causa da dificuldade de absorção do intestino, devido à lesão causada pelo álcool, elas têm deficiência das vitaminas B1 e B12. E a deficiência dessas duas vitaminas vai provocar uma lesão adicional no cérebro, além da lesão que o próprio álcool produz", esclarece Benito Damasceno.

De acordo com os especialistas, a má alimentação é o segundo grande inimigo da memória. E ela também faz parte da rotina de Henrique. Ele troca refeições por salgados fritos. Gordura e altos níveis de colesterol têm um efeito direto na degeneração das células. Comer pouco ou muito açúcar também faz mal para a memória. Deixar de ingerir vitamina B1 também prejudica o funcionamento do cérebro. E ela é encontrada principalmente nos cereais.

De acordo com especialistas, o excesso de comida, seja ela qual for, também compromete a capacidade dos neurônios, porque ingerimos mais energia do que gastamos. Mas o que pouca gente sabe é que a forma como os alimentos são processados também pode provocar a liberação de toxinas que prejudicam o aprendizado e a memória. Os cuidados devem ser redobrados principalmente na hora de preparar alimentos que tenham proteína, como carnes e queijos.

"As crostinhas que se formam pelo excesso de calor são as concentrações de toxinas – as aminas heterociclicas que são produzidas em qualquer músculo pela queima de um composto chamado creatinina. Existem evidências científicas que mostram ser muito mais seguro o preparo controlando a temperatura de forma que a carne fique sem a formação de crostinhas", explica a professora de nutrição Semíramis Domene, da PUC de Campinas.

A própria panela é um risco. "Quando apertamos a carne contra o fundo da superfície que está aquecida e cheia de marquinhas que indicam combustão, há muito mais incorporação de toxinas no corte de carne", alerta a professora.

A principal dica é controlar a temperatura durante o cozimento. "Podemos usar uma pequena quantidade de óleo. O óleo vegetal é importante para a saúde das pessoas porque fornece ácidos graxos essenciais. É inadequada a impressão que se tem de que óleo faz mal sempre. O óleo queimado é que faz mal. Com a adição de temperos, como a cebola, conseguimos produzir um meio em que a temperatura vai ser controlada. Quem não gosta de cebola pode adicionar pequenas quantidades de água. Podemos utilizar um recipiente que permita que a gordura, ao derreter com o calor, pingue e esfrie. Uma assadeira que tenha água no fundo evita a formação de compostos tóxicos. Uma alternativa é embalar o corte de carne em papel-alumínio. Isso permite que a própria umidade do corte mantenha as condições de proteção para a formação de toxinas", explica Semíramis Domene.

Em meio à natureza, Henrique treina cavalos e ensina equitação. Mas tenta se equilibrar. Tem como chefe a própria mãe, ansiosa para ver o filho terminar os estudos. Há ainda a cobrança das outras mães: as dos alunos, principalmente nas competições.

"A cobrança vem em cima de resultados. Ganhar é maravilhoso. Mas não ganhar é trabalho em vão", diz Henrique.

Um cérebro submetido a obstáculos de estresse, má alimentação e eventuais excessos na bebida está sujeito a alguns tombos da memória.

"Eu me esqueço de levar o controle do portão, a chave. Então, acabo voltando", conta Henrique.

De mil pessoas que já passaram pela sala da Unicamp recentemente com sintomas de estresse, um terço delas reclamava de perdas de memória.

"Se alguém me contrariasse, era uma explosão só. E quando eu tinha esses chiliques, dava um branco em mim. Até que eu voltasse e tomasse consciência daquilo que eu tinha feito, ficava desmemoriada", conta a aposentada Dulce Prosperi.

Nas sessões de terapia, psicólogos ensinam técnicas de relaxamento que podem ser úteis para controlar o estresse. Tudo é gravado para, mais tarde, passar por uma avaliação mais minuciosa.

"Nós avaliamos comportamentos verbais e não verbais. Observamos se a pessoa está expressando irritabilidade, nervosismo, se ela está com raiva. Por isso, nós gravamos. Na gravação, temos algo palpável, objetivo e mensurável", diz a psicóloga Marilda Lipp.

Dona Maria Sílvia chegou depois de dois enfartes. Problemas de família a deixavam muito nervosa. Como não se alimentava direito, se tornou diabética. No auge da crise, os lapsos de memória eram frequentes. "Tenho que separar os remédios porque às vezes eu tomo repetido e isso faz mal", conta.

Além da terapia em grupo, dona Maria Sílvia tenta se recuperar relaxando o corpo na piscina, ativando a mente com o bordado e nos estudos, que retomou aos 55 anos. Lições que só agora ela consegue aprender e não quer que se apaguem da memória de jeito nenhum.

"Muitas coisas que eu não pensava aprender estou aprendendo agora", diz dona Maria Sílvia.

Afeto influencia a formação do cérebro - Crianças maltratadas na infância se tornam adultos esquecidos. E as que recebem mais carinho desenvolvem melhor as capacidades do cérebro.

O que há em comum entre um estudante que não consegue se lembrar de nada que aprendeu na aula e um adulto deprimido que se esquece das coisas mais elementares?

"Você faz uma lista de compras e, quando chega ao supermercado, descobre que deixou a lista em casa", conta uma mulher. O que ela não esquece, de jeito nenhum, é o passado difícil. Ela foi voluntária em um estudo que provou: as falhas de memória dos adultos podem ter origem na primeira infância.

Dormir bem para aprender - Sono ajudar a fixar informações e facilita o aprendizado, diz especialista.

Em entrevista, o professor de neurociências Sidarta Ribeiro, da Univdersidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), explica como o sono influencia positivamente o processo de aprendizagem das crianças. Segundo ele, a consolidação da memória acontece tanto na vigília quanto durante o sono. Por isso, a sesta depois da aula, dentro da escola, favorece a consolidação do conhecimento.

O professor também fala sobre a importância dos sonhos. Pessoas ansiosas tendem a ter pesadelos e, consequentemente, déficit de desempenho.

Receitas que ajudam a memória:

Frutas, ovos, grãos e peixes contêm substâncias benéficas ao funcionamento dos neurônios. Em consequencia, a memória é uma das funções cerebrais aperfeiçoadas.

TORTINHA COLORIDA DE SARDINHA COM OVOS

Ingredientes:

1 lata de sardinha
2 ovos
½ cebola picada
1 colher de sopa de pimentão vermelho
1 colher de sopa de pimentão amarelo
azeite de oliva
sal, orégano e tempero verde a gosto

Modo de Fazer:

Em uma frigideira antiaderente, coloque o azeite de oliva e refogue a cebola e a sardinha com uma pitada de sal e orégano. Em outro recipiente, bata com um garfo os dois ovos, adicionando também um pouco de sal e orégano. Assim que a sardinha e a cebola estiverem bem refogadas, acrescente os pimentões e os ovos batidos. Baixe o fogo, deixe dourar de um lado e depois vire para dourar do outro. Sirva a seguir, salpicando tempero verde por cima.

Sugestão: além dos pimentões, pode-se adicionar outros vegetais, como brócolis, cenoura e tomate.

Rendimento: de 1 a 2 porções.
Propriedades nutricionais: esta receita é rica em colina e ômega-3, nutrientes essenciais para o bom funcionamento do cérebro. A colina é abundante na gema do ovo e o ômega-3, nos peixes como a sardinha, o salmão e o atum. Os vegetais, além de conferirem cor e sabor, aumentam a quantidade de vitaminas e minerais da preparação.

MACARRÃO INTEGRAL COM MOLHO DE TOMATE

Ingredientes:

1 xícara de macarrão integral
2 tomates maduros sem pele picados
½ cebola picada
azeite de oliva
sal e ervas aromáticas a gosto

Modo de Fazer:

Cozinhe o macarrão em água fervente com uma pitada de sal e algumas gotas de azeite de oliva. Em uma panela à parte, refogue a cebola com o azeite, tempere com sal e ervas aromáticas a gosto. Acrescente o tomate, baixe o fogo até que ele se desmanche. Escorra a água do macarrão e sirva com o molho de tomate por cima.

Rendimento: 1 porção
Propriedades nutricionais: o macarrão integral, assim como os outros cereais integrais, é rico em vitaminas do Complexo B, importante para o fornecimento de energia e formação de neurotransmissores para o nosso cérebro. O tomate, além de possuir licopeno, um antioxidante natural que protege as células do nosso corpo, também possui fisetina, um fitoquímico que pode atuar beneficamente na memória.

SUCO COM FRUTAS DA MEMÓRIA

Ingredientes:

1 laranja ou ½ copo de suco de laranja
1 maça com casca
6 morangos

Modo de Fazer:

Higienizar bem todas as frutas, picar e bater tudo no liquidificador com um pouco de água e gelo.

Sugestão: pode-se acrescentar outras frutas com as mesmas propriedades, como o kiwi e a uva.

Rendimento: 2 copos
Propriedades nutricionais: essas frutas são ricas em fisetina, um fitoquímico que pode atuar beneficamente na memória.

Escrito por Nininh@ às 20h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Alimentação Saudável

Dieta composta de proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, cálcio e outros

minerais, como também rica em vitaminas.Para isto necessitamos de uma

dieta variada, que tenha todos os tipos de alimentos, sem abusos e também

 sem exclusões.Variar os tipos de cereais de carnes, de verduras, legumes e

frutas, alternando as cores dos alimentos. As vitaminas e minerais é que dão

as diversas colorações.

Escrito por Nininh@ às 07h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
SOBRE MIM




Nome:Kênia
Apelido:Nininha
Perfume:Gabriela
Sabatini;Floratta in
Blue;Humor!5
Chocolate:Serenata
d Amor;Sensação;Talento
branco com uvas passas
Drink:Coca-cola
zero com gelo e limão;
sucos;Ice;caipisakê
Música:todas!
Mas amo d+ "Always"
do Bon Jovi
Flores:Todas,
em especial rosas
vermelhas
Ídolo:Jesus Cristo
Data:17/07/1989
Desenho:WITCH
Filme:Efeito Borboleta
Livro:Bíblia Sagrada
TV:vdesenhos;filmes;
Malhação;Fantástico;CQC
e Globo Repórter
Coleção:bicho de
pelúcia;brinco;blusinha;
folha de fichário;adesivo
Cores:preto;rosa;dourado;
lilás;branco;prata;azul
Dia:Domingo
Número:2;5;8;11
Internet:Uol Blog;MSN
Hotmail;You Tube;
Google;Flog Vip;Orkut
Software:Nero;Paint
Shop Pro;Animation Shop;Corel Draw;
Movie Maker;PhotoShop
Profissional:Palestrante
- Agente de Saúde;
Gestão Empresarial;
Administração

MEU HUMOR HOJE




->MY LINKS<-

WitchMania
StuffsNininha
MundoGirls

->MY FRIENDS<-

Gifs da Kaká
Diário Light-Kaká
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis


ARQUIVOS



+ veja mais

CATEGORIA-MENSAGENS



VISITANTES!




OUTRAS COISINHAS


- Dê uma nota para meu blog

- Indique este blog

O que é isto?

Leia este blog no seu celular

CRÉDITOS




LAYOUT BY